Obtendo...

 

 

Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
Noticias /

Cultura

10/08/2017 - 09h28

Compartilhe

10/08/2017 - 09h28

Edital abre inscrições para seleção e produção de filmes piauienses

As produções podem ser de curta ou longa metragem.
Avaliar publicação       0
Acesse Piauí

O primeiro edital de seleção de projetos audiovisuais no Piauí foi publicado na terça-feira (08). Ao todo, serão investidos R$ 6 milhões por meio de apoio cultural e financeiro para produção de curtas e longas metragens. Os filmes devem ser inéditos e serão aceitos projetos dos gêneros de ficção, animação e documentário. As inscrições já estão abertas e devem ser feitas até o dia 15 de outubro.

 

O edital visa apoiar projetos independentes de obras audiovisuais, com relevância artística e cultural por meio de conceito, conteúdo e capacidade de preencher lacunas sociais, culturais e históricas. Os interessados devem enviar material via Correios, destinado à Secretaria de Estado da Cultura (Secult), contendo ficha de inscrição, formulário do projeto, declaração de participação, currículo do diretor, dossiê com clipping, planilha de custos, roteiro cinematográfico e documentos de coprodução.

 

Os recursos são oriundos do governo federal, por meio do Fundo Setorial do Audiovisual, da Agência Nacional do Cinema (Ancine) e do Tesouro Estadual, por meio do Programa de Trabalho – Democratização e Difusão das Artes Criativas e da Cultura Piauiense. Serão selecionados 12 projetos de filmes para financiamento.

 

A seleção dos projetos será feita por uma comissão julgadora formada por três membros, com notório conhecimento na área. Será analisada a relevância dos temas propostos, além da técnica e compatibilidade entre o orçamento e o roteiro da obra escrita.

 

Na segunda-feira (07), o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, anunciou o investimento do Ministério da Cultura (MinC) e da Agência Nacional do Cinema (Ancine), por meio do Fundo Setorial Audiovisual (FSA), de R$ 94 milhões para produtoras e programadoras de conteúdo para a televisão nas regiões norte, nordeste e centro-oeste. Esses recursos visam o desenvolvimento regional e a descentralização das políticas de incentivo à produção cultural diversa do país.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Página inicial

Listar mais