Obtendo...

 

 

Domingo, 21 de janeiro de 2018

Na Cola

contato@acessepiaui.com.br

24/11/2017 - 10h31

Compartilhe

Na Cola

contato@acessepiaui.com.br

24/11/2017 - 10h31

O cantor que ensinou plateia educar o ouvido para música

Avaliar publicação       0
Acesse Piauí

Na canção "Pra ninguém", Caetano Veloso homenageia um punhado de interpretes da MPB, de Nana Caymmi a Paulinho da Viola, e fecha as homenagens com o verso consagrador: "E melhor que o silêncio só João". Devemos nos preparar para o silêncio definitivo de joão Gilberto. A filha do cantor, Bebel Gilberto, veio de Nova Iorque "cuidar" da saúde financeira do pai, seriamente comprometida. Bebel interditou judicialmente o cantor, alegando que ele já não pode cuidar de si. Aos 86 anos, debilitado, João já está fora de cena há bastante tempo. Termina mal a carreira de um cidadão que,além de ter inventado um jeito único de tocar violão, ensinou aos intérpretes brasileiros que não é o cantor que deve elevar a voz para se fazer ouvir,mas a palteia é que que deve educar o ouvido para as nuances e sutilezas da música.

 

------------------
Cineas Santos é professor, escritor, poeta e produtor cultural. 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Página inicial

Listar mais